Autor Tópico: Honda Forza X - (DB) - Sapiens21  (Lida 5134 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline sapiens21

  • Aspirante
  • ***
  • Mensagens: 193
  • Sexo: Masculino
  • Modelo: Honda DN-01
  • Localidade: Évora
Honda Forza X - (DB) - Sapiens21
« em: 16 Jun | 2012 | 23:32 »
Pois é meus amigos, consegui manter a minha vontade em adquirir este modelo num secretismo quase absoluto. Digo "quase absoluto# porque são muito poucos os que sabiam da minha vontade (o daniel, que é meu irmão e o companheiro Panda a quem pedi alguns conselhos antes de avançar com a compra, pois já fez um bom test-drive a uma como comprava o seu blog).

Bem...vamos começar pelo início!

Tirei a carta à cerca de mês e meio e desde então andava a sondar o mercado. Vi BMW's GS semi-novas, Honda's Transalp semi-novas, Honda's CBF 600AS...etc...etc...ou seja, vi só motas e não maxis.

Cheguei a andar durante 2 dias com uma Honda NC 700X de serviço (cortesia do stand Motodiana em Évora), mas apesar de ser excelente na estrada e me dar um enorme gozo, na cidade já não era muito apta para o meu trajecto o qual tem várias subidas com pára-arranca e longas filas de trânsito logo pela manhã. Resultado...biqueira dos sapatos sempre sujos de tanto accionar o pedal da caixa e bastante mais stressante que uma maxi.

Depois....é claro, fiz a pergunta ao stand onde sou cliente (e bastante satisfeito): A Honda Forza saiu do catálogo da Honda Portugal à cerca de 6 meses devido à pouca procura, mas continua a ser vendida por exemplo aqui ao lado em Espanha. É possível comprá-la?

A resposta não foi imediata e tive de esperar até à tarde do dia seguinte quando recebi o contacto telefónico da Motodiana: "A Honda Portugal tem disponibilidade para fazer chegar ao stand a nova Honda Forza X (atenção que é a versão mais recente da mesma). Podemos encomendá-la? É claro que a minha resposta não se fez tardar pois já tinhamos falado de valores no dia anterior.


E aqui está ela após alguns dias de espera...











A Honda Forza é um modelo muito apreciado no Japão e existe quase um culto à volta desta maxi desde à vários anos e mesmo após diversos restylings e upgrades. Na Europa não se vendem muitas unidades devido ao preço proibitivo, mas que se deve à tecnologia vanguardista que tem. Na minha opinião vale cada euro que é pago por ela.

Até ao momento andei pouco mais de 70Km, mas já posso escrever algumas conclusões:

Pontos a favor:
Conforto soberbo (as irregularidades do piso mal se notam);
Painel de instrumentos bonito e já com pré-instalação de rádio (colunas já integradas);
Não precisa de chave (nem tem), pois basta ter o cartão electrónico no bolso (falo disso mais à frente);
Fácil condução a baixas velocidades apesar das dimensões e peso;
Banco baixo e envolvente, com apoio de costas e lombar;
Design elegante (este é sempre um assunto que tem a ver com cada um);
Consumos baixos e que têm estado na casa dos 3,1L numa condução normal;
Qualidade de construção e montagem irrepreensível;
Força de travagem e tacto das manetes de travão, que nos permite dosear precisamente a força que queremos;
Capacidade de carga que permite levar dois capacetes e ainda sobra um bom espaço entre os deois para guardar outros objectos.

Pontos menos bons:
A protecção ao vento de origem é insuficiente (já tenho o ecrã mais alto encomendado!);
O preço tenho de concordar que é bastante alto, mas como disse vale a pena;
As dimensões são bastante avantajadas e podem transmitir a ideia errada, pois é fácil de condzir (Pelas fotos não dá para perceber mas a Forza é bastante grande e larga);
Quem tiver que levar um passageiro, o mesmo poderá ficar com as pernas num ângulo muito aberto devido ao formato do banco na rectaguarda.


Agora sobre o motor não coloquei qualquer comentário porque estou numa fase de rodagem e é muito prematuro tecer com rigor uma apreciação. Posso apenas dizer que o motor deriva do montado na SH300i, tendo neste modelo cerca de 22cv de potência e que foi trabalhado pelos engenheiros da Honda para ser o mais suave e económico possível.
Vou ter o máximo cuidado nos primeiros 1.000Km e fazer uma rodagem como deve ser! A única coisa que posso destacar por agora é que os consumos são baixos a velocidade moderada (90/100 Km/h) com alguma cidade pelo meio e o motor é bastante linear a subir de rotação.

Sobre a chave...ou ausência dela, é uma das inovações deste modelo, pois basta ter a chave/cartão electrónico no bolso e estar a cerca de 1 metro dela para o sistema sair do stand-bye e permitir que se possa carregar num botão que se ilumina com uma cor azul. Se nos afastamos da Forza (sempre com a chave/cartão electrónico no bolso), ela liga os 4 piscas por 2 segundos por forma a indicar que ficou em estado "OFF" e sai do stand-bye, não permitindo accionar qualquer botão.

E pronto...brevemente farei um diário de bordo deste fantástico modelo e já com mais novidades.
Conduz com cuidado e estima a tua scooter...e ela irá retribuir-te com óptimos momentos!